segunda-feira, 25 de setembro de 2017

[ Resenha ] A Fada negra de Crys Magalhães




Ano: 2016 
Páginas: 126
Idioma: português 
Editora: Chiado

[ Sinopse ]

 Yago, um garoto de 13 anos tem uma missão arriscada. Os habitantes de Éder, contam
lendas sobre fadas e criaturas mágicas, o que eles ainda não sabem, é que esta “Lenda” é real. Tudo não passaria de “lenda”, se Elvira não fosse má e rebelde a ponto de querer dizimar tudo que é belo. O Reino de Éder está por um fio, e somente o sucessor de Anselmo poderá salvá-lo. O maior desafio do garoto é saber sua origem, e posteriormente, descobrir alguns mistérios sobre os dons dos homens de sua família.

 Esta aventura é o inicio da revelação sobre um mundo inimaginável...

[ Resenha ]


 A História se passa no reino de Éder, em meio a floresta e raras rosas azuis. É habitado por camponeses que levam uma vida simples, mas cheia de alegrias, apesar de algumas dificuldades, como qualquer pessoa ao redor do Castelo do Rei Arthur, que mesmo sendo rei é uma pessoa de uma humildade incrível e isso nota-se ao decorrer do livro.
 Yago e Peter são um dos personagens principais. Não sabiam eles que um dia embarcariam em uma aventura regada a muita magia. Magia essa que nem eles e nem ninguém do vilarejo de Zafir acreditavam existir, achavam ser apenas fantasia da cabeça de uma mente fértil.
 Por muitos anos em um reino paralelo, as fadas mantinham a paz e harmonia do Reino de Éder, mas nem sempre fora assim.
 Lara, Rainha das fadas da luz e a mais bonita dentre elas, aprisionou por anos a Fada negra de nome Elvira que já tentara dominar todas as criaturas do mundo das fadas e também do Reino, porém um dia, Elvira fora libertada e dai se inicia, para os pequenos e bravos Yago e Peter, a missão de derrotar a obscura e malvada Rainha das Fadas negras.
 E Em meio ao caos também existe romance, pois o Rei quer casar a sua filha Rosa, também tem amizade verdadeira e segredos guardados a sete chaves.
 Anselmo, avô de Yago, também é um dos destaques do livro com seu conhecimento do mundo mágico das fadas, lendas e sabedoria.
 A pergunta que não quer calar... O que será que tem no fundo do Rio verde? Só saberemos no próximo livro.
 A história possui aquele ar de jornada do herói! Te prende do começo ao fim. É um livro para o público juvenil, mas qualquer pessoa que o ler vai achar fantástico!
 O que me chamou bastante atenção na história é que a autora não é de descrever fisicamente os personagens, deu preferência á personalidade, o que faz com que cada pessoa use a imaginação de uma forma livre e se encante pelo livro mais ainda. Isso para o leitor, na minha opinião, é maravilhoso, pois dá liberdade de idealizar de forma particular cada um, com excessão de Elvira que estampa a capa do livro que é maravilinda!
 Ah! Não esquecendo do Dymi, que é um duende muito sapeca e divertido que me tirou risadas com sua maneira peculiar de fugir de situações perigosas e se meter em algumas confusões por causa da sua eterna curiosidade. É um amor de duende!
 Pra finalizar, super indico esse livro e estou ansiosa pela continuação: A Fada Negra O segredo do cristal que virá com muitas revelações de acordo com a própria autora.
 Obrigada Crys pela oportunidade de conhecer sua obra! Amei! Muito feliz! Ansiosa para começar a ler a continuação.





Um comentário: